A Videira Verdadeira

A Videira Verdadeira

Vinha no meu motor pensativo, orando na Br 230 e é dentro do meu capacete que encontro grandes respostas. Pelas estradas pois RODAR é preciso! Estava pensando em meus liderados e ai me veio as escrituras quando Jesus fala da Videira verdadeira.

Jesus Cristo o professor dos professores, o “coach”, o Mestre! Usava de pequenas narrativas com várias alegorias para ministrar uma lição MORAL. Em João 15:1-5 Jesus usa três alegorias: A videira (Jesus), O Agricultor ( Deus ) e Os ramos ( os Cristãos). O pano de fundo, Jesus acabara de realizar a sua última ceia (Mt 16.17-30), Canta um hino (Mt 26.30), e sai a caminho do monte das Oliveiras aonde viria a ser entregue por Judas.

Porém, entre a saída do cenáculo da última ceia e o monte das Oliveiras, ele começa uma série de ensinamentos aos seus discípulos descritos nos capítulos 14 á 17 do evangelho escrito por João. Possivelmente, vê uma videira no meio do caminho e diz: “Eu sou a videira verdadeira”. Interessante, que ao dizer isto não estava acusando aquela “pobre coitada” videira na sua frente de ser falsa, muito pelo contrário, falava com seus apóstolos, que são judeus por natureza, e os judeus conhecia uma videira “falsa”, que não teve a capacidade de produzir frutos.

“Que mais se podia fazer à minha vinha, que eu lhe não tenha feito? E como, esperando eu que desse uvas boas, veio a produzir uvas bravas?” (Is 5.4).

O que faz um bom “coach”, um bom treinador, um bom professor, um bom líder quando seus liderados não estão rendendo? Ora!  busca estimula-los, enchendo-os de ânimo, corrige seus erros, briga, da “carao”,  admoesta e estabelece metas e as cobra com vigor. E aqueles que estão trabalhando bem? Ele manda descansar? Não! Aperta, espreme, grita, poda para que seu liderado de tudo que tem! Em um ministério ou motoclube deve ser assim e, claro, tudo pautado e embasado no amor. Ai encontramos dois tipos de motociclistas. O que se submete e aceita a correção, a poda e dá tudo de si, frutifica e seus frutos são doces e enchem o líder de orgulho.  Mas há aquele que não aceita a correção, a poda. Este se desconecta e se afasta e estando longe não frutifica, não avança e não evolui, não melhora. É autossuficiente geralmente se rebela, vira as costas para seus irmãos de clube, abandona o ministério que Deus lhe deu. Pecado! O Espírito Santo deu o fruto em sua mão más você não descascou para tirar proveito da semente. É o caso de muitas pessoas, o Espírito te deu o fruto, más você está admirando a casca, não se preocupa em utilizar os dons que ele te deu.

“Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda. Vocês já estão limpos, pela palavra que lhes tenho falado. Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim. Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma”.
João 15:1-5

Assim é com Deus Pai, Cristo Jesus. E Ele é nosso “coach”, nosso professor e mestre. Ele é a videira verdadeira.  Que os irmãos possam estar unidos e conectados com o Pai e que possam suportar as podas entendendo que são para nosso melhoramento.  Pois se assim nao for perderemos a serventia.

Deus abençoe todos os motociclistas e motoclubistas pelo mundo. Em nome de Jesus.

Rogério Aragão

Dir. Regional Nordeste ECMM

Share

Rogério Aragão é Diretor da Base PB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *